Silas Malafaia comenta artigos do PL 122.

3 out
O Pastor Silas Malafaia comenta resumidamente cinco artigos do projeto de lei 122. Vivemos num momento de difícil, e a igreja não pode fechar os olhos e permitir que seja bombardeada juridicamente, por isso é importante que esse projeto de lei seja barrado em todos os artigos que violentem a família brasileira e ao direito constitucional da livre pregação religiosa.
 
Países europeus de tradição protestante dormiram e os absurdos de forma legal, agora, não podem ser barrados. Já se viu diversas vezes pastores que foram presos por, em suas igrejas, pregarem contra a pratica homossexual. É o que acontece, por exemplo, na Holanda.
 
Artigo 1º: Serão punidos na forma desta lei os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual, identidade de gêneros.
Comentário (Silas Malafaia): Eles tentam se escorar na questão de raça e religião para se beneficiar. O perigo do artigo 1º é a livre orientação sexual. Esta é a primeira porta para a pedofilia. É bom ressaltar que o homossexualismo é comportamental, ninguém nasce homossexual; este é um comportamento como tantos outros do ser humano.
 
Artigo 4º: Praticar o empregador, ou seu preposto, atos de dispensa direta ou indireta. Pena: reclusão de 2 a 5 anos.
Comentário: Não serão os pais que vão determinar a educação dos filhos — porque se os pais descobrirem que a babá dos seus filhos é homossexual, e eles não quiserem que seus filhos sejam orientados por um homossexual, poderão ir para a cadeia.
 
Artigo 8º-A: Impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público, em virtude das características previstas no artigo 1º desta lei. Pena: reclusão de dois a cinco anos.
Comentário: Isto significa dizer que se um pastor, ou padre, ou diretor de escola — que por questões de princípios — não queira que no pátio da igreja, ou escola haja manifestações de afetividade, irão para a cadeia.
 
Artigo 8º-B: Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão homossexual, bissexual ou transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãs. Pena: reclusão de dois a cinco anos.
Comentário: O princípio do comentário é o mesmo que o do anterior, com um agravante: a preferência agora é dos homossexuais; nós, míseros heterossexuais, podemos também ter direito à livre expressão, depois que é garantida aos homossexuais. O parágrafo do artigo que vamos comentar a seguir “constituiu efeito de condenação”.
 
Artigo 16º, parágrafo 5ª: O disposto neste artigo envolve a prática de qualquer tipo de ação violenta, constrangedora, intimidatória ou vexatória, de ordem moral, ética, filosófica ou psicológica.
Comentário: Aqui está o ápice do absurdo: o que é ação constrangedora, intimidatória, de ordem moral, ética, filosófica e psicológica? Com este parágrafo a Bíblia vira um livro homofóbico, pois qualquer homossexual poderá reivindicar que se sente constrangido, intimidado pelos capítulos da Bíblia que condenam a prática homossexual. É a ditadura da minoria querendo colocar a mordaça na maioria. O Brasil é formado por 90% de cristãos. Não queremos impedir ou cercear ninguém que tenha a prática homossexual, mas não pode haver lei que impeça a liberdade de expressão e religiosa que são garantidas no Artigo 5º da Constituição brasileira. Para qualquer violência que se cometa contra o homossexual está prevista, em lei, reparação a ele; bem como assim está para os heterossexuais. A PL-122 não tem nada a ver com a defesa do homossexual, mas, sim, quer criminalizar os contrários à prática homossexual — e fazem isso escorados na questão do racismo e da religião.
O Pastor Silas Malafaia conclama a toda a família brasileira a participar de um protesto contra a PLC 122  em Brasília no dia 1 de Junho. PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM!
 
O Projeto de Lei 122 mudou de nome, passa a se chamar “Lei Alexandre Ivo.”
 
_______________
 
1º Abaixo assinado:
Amados. Peço-lhes que assinem esta carta contra o PL 122. Já fiz minha parte, assinei.
Seja o “fermento” por essa boa causa!
Um pouco de fermento leveda toda a massa. (Gálatas 5:9)

Se possível repasse esse pedido para todos os seus contatos.

Vamos cada um colaborar nessa luta contra O FIM DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO! É só clicar no link em azul abaixo:
 
Depois preenche com seu nome, RG e código de confirmação de envio do Abaixo Assinado.
 
2º Modelo de cartas  a ser enviada a IMPRENSA:
Senhores, bom dia!
Pedimos que seja concedido para os que são contrários ao PL 122 o mesmo espaço de divulgação dado aos que são a favor do projeto.
Solicitamos também aos meios de comunicação que divulguem a manifestação pacífica contra o PL 122 que acontecerá no dia 1º de junho, às 15h, em frente ao Congresso Nacional em Brasília.
Haverá caravanas de diversas partes do país! ( Protesto já realizada).
Vale ressaltar que o Jornal do Brasil, em sua edição online, publicou matéria no dia 20 de maio sobre a reação da igreja quanto ao PL 122 e disponibilizou na íntegra esse projeto de lei. Confira a reportagem aqui!
Grato,
 
3º Relação de e-mails da  IMPRENSA:
cartas@jb.com.br; folhaemergencia@uol.com.br; politica@uol.com.br; paulo@oglobo.com.br; falecom.estado@grupoestado.com.br; forum@grupoestado.com.br; portal@grupoestado.com.br; leitor@uol.com.br; epoca@edglobo.com.br; veja@abril.com.br; cartas@istoe.com.br; silvia@oglobo.com.br
 
4º Continue também a enviar e-mails para o SENADO:
Nessa luta em favor da família e da liberdade de expressão, continue também a enviar e-mails criticando o PL 122 para o Senado. Entre no site www.senado.gov.br/senadores e envie para os representantes do seu estado: “Sr. Senador, rejeite o PL122/2006. Em favor da família, em favor da liberdade de expressão e abaixo a pedofilia.”
5º Alô SENADOR:
Quem desejar pode ainda enviar esse pedido para os senadores dos demais estados da federação e ligar para o Alô Senado: 0800-612211.

Boa sorte!

Anúncios

2 Respostas to “Silas Malafaia comenta artigos do PL 122.”

  1. Valmidênio Barros 5 de outubro de 2011 às 21:37 #

    Não tem que pregar contra o homossexualismo, não! O Deus de vcs manda é matar a pedrada mesmo. Pq os religiosos não obedecem? Cumpram a palavra de Deus, ou deixem de ser hipócritas, escolhendo o que deve ser cumprido

  2. oalfaeomega.wordpress.com 6 de outubro de 2011 às 16:06 #

    Lei civil da época…

    No período da Velha Aliança, a justiça funcionava da seguinte forma: Olho por olho e dente por dente.
    • Exemplo: Os adúlteros eram apedrejados.
    ______________
    Jesus veio e nos deu a Nova Aliança (Novo Testamento).
    • Exemplo: agora os adúlteros não são apedrejados, apenas são disciplinados, afastados do rol de membros da Igreja, e se arrependerem, receberão perdão pelo pecado.

    onde estão àqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais. (João 8:10, 11)
    ______________
    Também na Nova Aliança não se sacrifica mais cordeiros para receber perdão dos pecados, pois Jesus! O cordeiro santo que foi morto e reviveu, já derramou o sangue Dele naquela cruz, para nos redimir de todos os pecados….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: