O Crescimento da Igreja Evangélica no Brasil

3 out

por Janderson Silva em ,

“Disse Jesus: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” Marcos 16.15
Os evangélicos entre 1940 e 2000 nunca tiveram um crescimento médio abaixo dos 50% por década (gráfico 1). Seus números foram, respectivamente, 62% nos anos 40; 76,7% na década de 50; 57% nos anos 60; 63,2% na década de 70; 66,8% nos anos 80 e 101% nos nove anos entre o Censo de 1991 e o de 2000. Somente esses últimos nove anos do século XX eles saltaram de 13,1 milhões para 26,4 milhões, ganhando 13 pontos percentuais entre 1940 e 2000. Esses números se tornam mais significativos ainda se forem considerados os dados apresentados pela pesquisa FGV (dados de 2003) e o DataFolha (2007).
Crescimento de evangélicos (incluindo pentecostais)

Fontes: Números do IBGE 1940-2000; FGV2003 e DataFolha2007

Até o ano de dezembro de 2009 os evangélicos somavam 49,8 milhões no Brasil, 25,4% de um total de 196,5 milhões de brasileiros e brasileiras. A persistir essa curva de crescimento, em 2020 os evangélicos serão 100 milhões no país.O Norte do Brasil, com 19,8%, era região com maior presença evangélica, manteve essa posição e fechou o ano de 2009 com 32%, seguidas das regiões Centro Oeste, com 31%, Sul, com 19,8%, e Nordeste com 19,2%.Roraima é o estado da federação que reune o maior percentual de evangélicos (46,8%), com 226,3 mil, de um total de 483,6 mil habitantes, seguido do Amazonas, com 41,9%, Acre, com 39,9%, Rio de Janeiro, com 36,3%, Distrito Federal, com 35,9%, e Espírito Santo, com 35,2%.

A edição de aniversário da revista Época, publicada em 25 de maio, apresenta uma série de matérias com previsões para o Brasil em 2020. O crescimento evangélico é abordado em umas das materias. Baseado em dados estatíticos do SEPAL, estimase que 50% da população brasileira poderar ser evangélica. Para a revista, a influência evangélica em 2020 contribuirá para a diminuição no comsumo de álcool, o aumento da escolaridade e a diminuição no número lares desfeitos, já que a família é a prioridade para os evangélicos.
Crescimento Acelerado.

Baseado em dados estatíticos do SEPAL (1), estima-se que 50% da população brasileira poderá ser evangélica. E se aprevisão se cumprir o aumento no número de fiéis ajudará a mudar a ”cara” do país. Uma das hipóteses para o crescimento dos evagélicos, segundo a matéria, e a flexibilização e a adaptação à sociedade.É altamente positiva esta tendência, pois isso demonstra o cumprimento das escrituras: As portas do inferno não prevalecerão contra a igreja do Senhor. No entanto o “se adaptar a sociedade” não significa se desviar da palavra de Deus e concordar com o pecado, mas desenvolver meios que o evangelho de Jesus Cristo alcance a todos.O evangelho chegou ao Brasil graças aos esforços dos servos de Deus, que sentiram, através do Espírito Santo, a necessidade deste país em conhecer as Boas Novas de salvação, que Deus oferece a todos os pecadores.Estes servos, dependentes somente do Senhor para seus sustentos, vieram anunciar a remissão dos pecados pela fé em Cristo Jesus, por Sua morte na cruz. Hoje, muitos crentes dão graças a Deus por Ele ter enviado estes servos dedicados em Seu serviço; pois se não fosse por eles, nós, brasileiros, não teríamos conhecido a verdade do Evangelho. Vamos Continuar ganhando o Brasil para Cristo!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: